Prefeitos do Vale do Caí querem apoio do Estado para asfaltamento

Os prefeitos de Harmonia, Lico Fink (PDB), e de São José do Sul, Silvio Kremer (PDT), participaram de uma reunião com o secretário estadual dos Transportes, Pedro Westphalen, na última quarta-feira, em Porto Alegre. O deputado estadual Lucas Redecker (PSDB) intermediou o encontro. Na ocasião, solicitaram convênio com o DAER para a pavimentação de um trecho da estrada que liga os dois municípios via Nova Santa Cruz. A extensão é de cerca de dois quilômetros, entre a BR 470 e a localidade do interior harmoniense, e a via registra considerável fluxo de veículos, sendo uma importante alternativa para escoamento da produção primária. Os prefeitos pretendem executar a obra e pedem uma contrapartida do Estado. No encontro, ficou definido que no começo da próxima semana os prefeitos voltarão a se reunir com o secretário para apresentar os detalhes do projeto. O deputado Redecker explicou que o custo da obra é, relativamente, pequeno, pois se trata de um trecho curto de estrada, e que vai trazer enormes benefícios às duas comunidades. Acrescentou que o governador José Ivo Sartori (PMDB) esteve visitando a região, há alguns dias, e que chegou a conhecer a obra em questão. Lico e Silvio elencaram uma série de problemas para justificar a necessidade de pavimentação do trecho, como a grande incidência de doenças respiratórias em crianças e idosos, devido à poeira, o escoamento da produção agrícola e, principalmente, de suínos e aves, que passa por essa estrada, além do alto custo de manutenção para as prefeituras. “Ela onera de forma bastante significativa os cofres públicos, pois é uma estrada de difícil conservação, uma vez que nos períodos de chuvas intensas, a estrada sofre erosão com perda de material depositado para a sua manutenção, o que exige constantes reparos para possibilitar o tráfego intenso, principalmente de caminhões de carga”, argumentou o prefeito de Harmonia. Já o prefeito de São José do Sul, Sílvio Kremer, explicou que a obra trará, como consequência, crescimento e incremento da produção primária, aumento da arrecadação de ICMS, como também a possibilidade de trazer investimentos de novas empresas que, consequentemente, aumentarão a captação de recursos para reinvestir nos municípios.


Posts Em Destaque
Teremos posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square