Delegado que investigava morte de Teori Zavascki é assassinado

Dois delegados federais foram mortos com tiros em Florianópolis na madrugada dessa quarta-feira (31). As vítimas eram Adriano Antonio Soares, delegado chefe da Polícia Federal em Angra dos Reis e responsável pela investigação da morte do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), e Elias Escobar, que foi delegado em Volta Redonda por dois anos.

Os policiais estariam em uma casa noturna, quando aconteceu um desentendimento entre frequentadores e uma troca de tiros. Eles não estavam em serviço. Um dos policiais teria morrido no local e outro, foi socorrido e faleceu no hospital. Uma terceira pessoa foi baleada, mas não veio a óbito.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 5h30min, um veículo passou um frente à unidade de saúde e disparou mais alguns tiros. Ninguém se feriu.

Os delegados estariam na capital Catarinense para participar de um curso.


Posts Em Destaque
Teremos posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes