Justiça pede prisão de 23 pessoas por tráfico de drogas no Presídio do Apanhador de Caxias do Sul

Um inquérito da Polícia Civil que tramita no judiciário deve terminar com a prisão de ao menos 23 pessoas na Serra Gaúcha. Elas são suspeitas de fazer parte de um esquema de tráfico de drogas que abastecia a Penitenciária Regional de Caxias do Sul com entorpecentes e era responsável por gerenciar parte da distribuição das drogas em Caxias do Sul.

Conforme apurou a reportagem do Portal Leouve, 28 pessoas foram investigadas e ao menos 23 tiveram a prisão preventiva decretada pela justiça. Na última quinta-feira, dia 13, quase uma dezena de mandados de busca e apreensão foi cumprida depois de autorizados pela justiça.

Os investigados são familiares de apenados e criminosos conhecidos, como traficantes e assaltantes de banco. Entre os nomes que tiveram a prisão preventiva decretada, estão o de Michel de Souza da Silva, o Michelzinho, conhecido assaltante de banco condenado a mais de 30 anos de prisão por homicídios cometidos em Caxias do Sul. Outro nome que chama atenção entre os investigados é o de Jeferson Neves Montanari, advogado preso em dezembro de 2015 durante a Operação Castelo de Areia, da Polícia Civil. As investigações apontaram que a quadrilha coordenada por Montanari, conhecido como Fera, movimentou cerca de R$ 3 milhões com o tráfico de drogas em Caxias do Sul.


Posts Em Destaque
Teremos posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square