Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

O Caí enfrenta, com sucesso, a ameaça da dengue

April 13, 2017

Até o momento, o Vale do Caí é um área livre das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti. Mas é preciso ter muito cuidado, pois a presença do mosquito já foi comprovada há dois anos.

Felizmente, o combate desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde e a conscientização da população no sentido de eliminar criadouros do mosquito, tem dado bons resultados.

No Caí, trabalham 20 agentes de saúde do Programa Nacional de Enfrentamento à Microcefalia e três agentes de endemias que fazem coleta de larvas para identificação da espécie.

Isso tem evitado que os mosquitos aedes se multipliquem. Várias armadilhas foram espalhadas pela cidade e interior e, no ano passado, apenas um mosquito foi capturado. No cemitério municipal. Mas ele não estava contaminado pelos virus causadores da dengue ou outras doenças contagiosas, como a chicungumya e a zica.

Essa espécie de mosquito se cria em água parada e limpa. Uma simples tampinha de garrafa jogada no chão pode servir de criadouro para ele. Os vasos com flores que são colocados nos cemitérios, muitas vezes, acumulam água da chuva e podem servir de criadouro para os mosquitos. 

Além de eliminarem os possíveis focos dentro de suas casas ou terrenos, a população deve informar a secretaria da saúde quanto a áreas suspeitas na sua vizinhança ou em locais públicos. Os locais serão visitados.

O mais positivo é que nenhum dos mosquitos apreendidos até agora apresentava a presença do virus. E eram, portanto, inofensivos.

Mas isso não significa que há motivo para relaxamento. Tanto as autoridades e agentes sanitários quanto a população precisam continuar atentas e ativas na eliminação do criadouros.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square