Encontros com agentes de saúde e agricultores sobre controle do borrachudo são realizados

A palavra é união! Com essa prerrogativa, Salvador do Sul, São Pedro da Serra e Barão concluíram na semana passada o primeiro passo para retomar com força o controle do borrachudo na região. Foram três encontros, um por município, onde estiveram presentes os secretários da agricultura e meio ambiente, agentes de saúde e agricultores. Juntos, os municípios desenvolveram uma estratégia para melhorar a situação e controlar a incidência do mosquito que tanto incomoda, tanto no centro, como na área rural.

O prefeito de Salvador do Sul Marco Aurélio Eckert, o vice-prefeito Leo Haas, a secretária da Agricultura e Meio Ambiente, Gledes Forneck, a secretária da Saúde, Márcia Ebbing, o secretário da Administração e Planejamento, Volmir Weber, a secretária da Cultura, Turismo, Desporto e Lazer, Elaide Petry Löff, dentre outras lideranças do município, como representantes da Emater/Ascar-RS e Corsan, acompanharam junto dos convidados a explanação do gestor ambiental e técnico florestal Marcos Marchezan Ferreira em Salvador do Sul, na Assemssul na última quinta-feira, 19.

O gestor destacou que a principal medida a ser tomada é a prevenção, desenvolvendo ações de revitalização das matas ciliares, controle da disposição de dejetos de animais e as intervenções do homem, como jogar lixo nos arroios. “O borrachudo se desenvolve nas pedras, capim, folhas, mas nós estamos auxiliando e muito, negativamente, jogando pneus, sacolas, canos de PVC dentro dos arroios, um prato cheio para o mosquito”, explicou Marchezan.

A secretária Gledes lembrou que existe uma lei municipal, de 1998, que auxilia o reflorestamento, com doação de mudas. “Os custos para reflorestar são menores e nos garantem bem-estar. Todos precisam estar cientes disso. O BTI, que deveria ser o último recurso, custa R$ 98 o litro. Por ano, aos cofres públicos custa R$ 20 mil, algo que poderia ser investido em outros locais”, disse Gledes. Os encontros também estão sendo para, além de instruir, sensibilizar as pessoas a se tornarem aplicadores voluntários. Salvador do Sul tem hoje somente uma pessoa responsável, enquanto em São Pedro da Serra são 25 pessoas.

#BORRACHUDO

Posts Em Destaque
Teremos posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square