Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Pessoas com elevado nível de educação têm mais quadros de depressão

November 30, 2016

 

Diversos estudos já apontaram que pessoas mais bem-educadas tendem a gozar de melhor saúde mental do que aquelas com menos educação. Isso pode ser resultado de diversos fatores, como o estímulo constante ao cérebro e à memória, mais acesso à leitura e os longos anos de dedicação à vida acadêmica.

No entanto, um estudo realizado em países europeus, com pessoas que possuíam um alto nível de formação, mostrou que aqueles que estudam mais podem apresentar mais quadros de depressão. Essa pesquisa demonstra que existe um limite para os benefícios da educação para a saúde mental.

O estudo foi realizado para compreender como a expansão do ensino superior tem refletido na saúde psicológica de pessoas supereducadas. Para melhorar a validade dos resultados, os pesquisadores utilizaram dois indicadores de nível de instrução: os anos de educação e o tipo de formação superior. Esta pesquisa foi feita com uma amostra da população de 25 países europeus.

 

Resultados e Conclusões



A depressão é medida usando uma versão de oito itens da escala CES-D (Center for Epidemiologic Studies Depression Scale Revised). Neste estudo, os pesquisadores descobriram que pessoas com educação superior e vida acadêmica relataram mais sintomas de depressão. Os resultados devem ser interpretados à luz da expansão duradoura da educação no mundo.

A associação entre educação e saúde mental tem sido estudada há bastante tempo. A maioria destes estudos é inspirada na perspectiva do capital humano e supõe que há poucos limites em relação aos benefícios da educação sobre a saúde psicológica.


 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo